Home Sermão Sermão sobre o Amor e a Graça

Sermão sobre o Amor e a Graça

98
0

 

2 Pedro 1:4-9

5 Por isso mesmo, empenhem-se para acrescentar à sua fé a virtude; à virtude o conhecimento;

6 ao conhecimento o domínio próprio; ao domínio próprio a perseverança; à perseverança a piedade;

7 à piedade a fraternidade; e à fraternidade o amor.

8 Porque, se essas qualidades existirem e estiverem crescendo em sua vida, elas impedirão que vocês, no pleno conhecimento de nosso Senhor Jesus Cristo, sejam inoperantes e improdutivos.

9 Todavia, se alguém não as tem, está cego, só vê o que está perto, esquecendo-se da purificação dos seus antigos pecados.



Você não precisa tolerar o estilo de vida de uma pessoa para amá-la. Na verdade, eles podem estar nesse estilo de vida porque ninguém os amava.

Lembro que quando eu estava na faculdade, havia uma jovem em nosso complexo que tentei levar a Jesus. Ela era  mãe solteira e havia rumores de que era algo do que chamaríamos de lado frouxo. Ela também era conhecida por estar deprimida.

Um dia eu bati na porta do seu quarto  e nos sentamos para conversar. Quando tentei levá-la à salvação, ela me disse que não poderia vir a Cristo, perguntei-lhe por que não. Ela disse que seu avô, que era um pregador pentecostal, disse que ela havia cometido o pecado imperdoável para que ela não poderia ser salva. Ela não detalhou qual era o pecado, mas, pela descrição da fé em que cresceu, imaginei que fosse por causa de um filho ilegítimo. Sou grato por nem todos os pentecostais serem como aquele rapaz! Infelizmente, ele soa como muitos pregadores que eu conheci.

Apesar de toda a minha explicação de como ela não cometeu esse pecado e de que poderia ser salva, ela sentiu que, como seu avô era pastor, ele estava certo. Eu fiz tudo,  me ajoelhei e implorei com ela sem sucesso.

Fiquei muito triste por um pregador condenar essa garota ao inferno, além de entregá-la ao inferno sem amor ou graça estendida a ela ou esperança de perdão por um pecado que foi perdoado por Deus muitas vezes ao longo dos anos. Ele não se lembrava de que Davi cometera assassinato e adultério e, em vez de ser morto, ele foi perdoado por Deus quando não havia sacrifício por esses dois pecados no AT? Ele não leu o pecado que nem os gentios fizeram em Corinto que foi perdoado quando o casal se arrependeu ?: O que ele estava pensando?

Não é à toa que seu estilo de vida era uma bagunça. Que esperança ela tinha? Que esperança haveria para ir à igreja ou tentar viver uma vida melhor? Até onde ela sabia, já estava condenada, então para que mudar de vida?

Devemos alcançar os pecadores apaixonados e estender a esperança de que seu estilo de vida seja alimentado pela desesperança e uma vida estéril de amor. Dar socos ou chutá-los quando já estão caídos não é como Jesus faria, assim como a mulher que foi pega em adultério, Jesus não a condenou, antes a expôs a salvação e a graça.

Jesus veio chamar os pecadores ao arrependimento, não gritar com eles. Ele foi duro com os hipócritas das sinagogas. Ele nem sequer criticou Judas quando o traiu com um beijo. O que nos faz pensar que temos o direito de fazer diferente quando nos chamamos cristãos?

Está na hora de tratar dos negócios de nosso Pai da maneira que Jesus fez e se estivermos andando no Espírito como Ele andava, não agiremos tão carnalmente como alguns fazem em nome de Jesus. Se realmente acreditamos que Ele está voltando em breve, precisamos entrar nos campos chorando, sem sacudir os punhos. Aperte os punhos contra os hipócritas e falsos profetas, não os pecadores. Eles precisam de Jesus e perdão.

Quando repreendemos os pecadores que estão sendo apenas o que éramos antes de Cristo ou teriam sido se não tivéssemos chegado a Cristo em tenra idade, esquecemos que nossos pecados foram perdoados e desonramos o Evangelho da graça e o Deus que o deu. Arrependa-se e estenda a mão em amor e gratidão àqueles que precisam de amor e graça, sejam pecadores ou santos rebeldes que precisam de unguento pelas queimaduras que possam ter recebido de um cristão ou, infelizmente, de um pastor.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here